Criança morre com bolo envenenado que seria encaminhado ao presídio



O bolo que a pequena Kethelly Katrinny, de 1 ano e 11 meses, comeu seria levado para o presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, interior do Acre.
A menina morreu no hospital de Manoel Urbano na quarta-feira (25) após comer o bolo feito pela mãe dela. Segundo a família, o doceseria levado para o pai da criança.
A família mora na cidade de Manoel Urbano. A polícia informou que a mãe da criança deixou o bolo em cima de uma mesa e não viu quando a filha comeu. Dois adolescentes parentes da menina também comeram do bolo e passaram mal. Eles estavam internados em observação.

Postar um comentário

0 Comentários