PM e adolescente de 15 anos morrem dentro de motel


Um policial militar e uma adolescente de 15 anos morreram em um motel na Vila Matilde (zona leste de SP) na madrugada de sábado. A jovem levou um tiro na cabeça e o policial se matou, segundo a Polícia Civil. Um amigo do PM foi preso.

De acordo com a polícia, o PM Rodrigo Santos Mathias, 21, estava com um amigo, Vinicius da Silva Oliveira, 19, e duas adolescentes, ambas de 15 anos, no motel Drive-in Vintage. Mathias estava de folga. A polícia afirma que ele e Oliveira conheceram as jovens em uma balada e foram até o motel no carro do policial.

A polícia diz que as adolescentes entraram no motel escondidas no carro. Pouco tempo depois, uma das garotas morreu após ser atingida por um tiro acidental na cabeça. Segundo o boletim de ocorrência, ao ver a jovem morta, Mathias se desesperou e se matou. Há duas versões para o caso, segundo a Secretaria da Segurança Pública. Em depoimento à polícia, Oliveira afirmou que Mathias brincava com a arma de trabalho dele, uma pistola ponto 40, e atirou acidentalmente na adolescente.

Ele nega ter efetuado qualquer disparo. A amiga da vítima, no entanto, afirmou aos policiais que Oliveira manuseava a pistola do PM e foi quem matou a jovem por acidente. ??A polícia foi chamada pelos funcionários após ouvirem os tiros. A arma do crime foi apreendida para perícia, e Oliveira foi preso em flagrante pela morte da adolescente. Neste domingo, em audiência de custódia, a Justiça determinou a prisão preventiva dele. Procurados pela reportagem, os funcionários do motel afirmaram que não podiam comentar o caso.

Postar um comentário

0 Comentários